A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

W

X

Y

Z

Gonzaguinha


Cantor e compositor carioca, considerado o mais áspero, oculto, incompreendido e desprezado autor brasileiro revelado na década de 70. Entretanto, a partir do início dos anos 80, ele já estava consagrado. Intérpretes como Maria Bethania, Gal Costa, Frenéticas reconquistaram o primeiro lugar nas paradas com músicas suas. Simone gravou "Começaria Tudo Outra Vez", que se transformou num novo clássico da dor de cotovelo.

Filho de Luiz Gonzaga e Odaleia, uma cantora de coro, participante ativa de gravações carnavalescas. Tuberculosa, ela morreria quando ele tinha apenas dois anos de idade. Adulto, ele cantou: "Furando cartão/Cantando nos becos/Tossindo nos cantos/Nos humildes enganos/Saiba Odaleia pequena/ Te amo". Desde então, ele foi adotado por Diná e Xavier, amigos de Odaleia e Gonzaga, e passando a infância em meio ao samba do morro de São Carlos, no Rio.

Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior era magro, com apenas 56 quilos de peso (tanto que foi recusado pelo Serviço Militar por incapacidade física, com 1,75 metro de altura). Em 1966, sua música foi apresentada ao grande público durante o musical "Joana em Flor". De personalidade introvertida, estudou economia na Faculdade de Ciências Políticas Cândido Mendes em 1967 e, em 1969, ganhou o primeiro lugar no II Festival Universitário da TV Tupi com a canção "O Trem".

Ficou conhecido como músico de protesto ao governo militar, tendo cerca de 50 composições vetadas pela censura da época. Seu mais promissor sucesso popular, "Comportamento Geral", foi recolhido em plena parada de sucessos. Por anos seguidos, o cantor carregou o troféu de o mais proibido, com suas músicas sendo sumariamente engavetadas. Entre as canções mais importantes, destacam-se "Explode Coração", "Frutos, Festa" (1964), "Moleque, Dias de Santos e Silvas" (1966) e "Feijão Maravilha" (1979). Gonzaguinha faleceu aos 45 anos, em 29 de abril de 1991.

Veja outra foto de Gonzaguinha

BR Busca JS - Busca
Banco de Dados
Para uma resposta mais rápida, utilize aspas na consulta, exceto quando tiver dúvida com relação à grafia do nome
• fechar janela •