Ringtones
Ringtones
 
Ella Fitzgerald
Notável intérprete da música norte-americana, considerada a Maria Callas do jazz e com 200 milhões de discos vendidos. Com sua voz graciosa, clara, precisa na afinação, dicção e respiração impecáveis, consagrou-se com composições de gênios como Irving Berlin, George e Ira Gershwin, Jerome Kern e a dupla Rodgers e Hart. Nascida em Newport News, Virginia, Ella teve uma infância pobre, nunca conheceu o pai verdadeiro e foi criada em Yonkers, cidade próxima de Nova York, pela mãe e pelo padrasto português. Ao vencer um concurso de calouros, estreou na vida artística em 1934, aos 17 anos. Seu padrinho artístico foi Chick Webb, de cuja big band se tornou vocalista, e um ano depois já gravava seu primeiro disco.


Galeria da Fama
Telenovelas
Bio Recentes
Artistas
Galeria de Fotos
Filmelândia
Cine TV Brasil
Login
 


Seus comentários e considerações sobre esta página:
 
Campos do Jordão - SP - Brasil
Pousada d'Ampezzo
Apartamentos com aquecedor a óleo, TV com controle remoto, rádio, telefone, frigobar e aquecimento central. Sala de jogos, sala de ginástica e estacionamento fechado. Ótima localização, a 4,5 km do centro. Brunch aos domingos com check-out às 15 hs.
 
World Trade Center

São Paulo Antiga

Cinema Gay

Opção Sexual

Horrores do Holocausto

História da Varig

Orient Express

Fatos & Fotos

Clássicos do Cinema

Novas Fotos do Nazismo

Obras de Grandes Autores

Cuidados com sua Saúde

Em 1938, ao lançar o hit A-Tisket-A-Tasket, Ella se tornava conhecida entre o grande público norte-americano. Com a morte de Webb, no ano seguinte, assumiu a direção da orquestra, muito respeitada pelos músicos, tanto pelo alcance de sua voz, como por seu senso de swing. Gravando frequentemente, passou a investir na carreira solo e foi contratada pelo produtor Norman Granz para turnês da famosa série Jazz at the Philarmonic. Ella começou a aprimorar seu estilo de scat singing (vocalismos onomatopaicos) ao lado de músicos do então nascente bebop. Com sessenta anos de atuação ininterrupta, a cantora teve a carreira mais longa do show biz americano. Só parou em 1993, ao amputar as duas pernas abaixo do joelho, por complicações devido a diabetes.

Ella casou-se duas vezes e adotou um filho, que se afastou dela. Ella gravou com inúmeros mestres do jazz, como Count Basie, Duke Ellington e Louis Armstrong. Os famosos songbooks, álbuns duplos dedicados a um único compositor, foram sua maior contribuição à música e através dos quais várias gerações no mundo inteiro tomaram conhecimento da chamada época de ouro da canção americana, nas décadas de 40 e 50. Entre suas gravações de maior êxito, estão April in Paris, Lady Be Good, The Man I Love, Embraceable You, Blues in the Night e Come Rain or Come Shine. Participou também de vários filmes, entre eles, Taverna Maldita (Pete Kelly's Blues), em 1955. A rainha do swing tinha fobias e neuroses e era tímida e insegura. Durante décadas, o produtor Norman Granz permaneceu como seu personal manager. Veio ao Brasil duas vezes, em 1960 e 1971. Ella Fitzgerald faleceu aos 79 anos, em 15 de junho de 1996.


Veja mais fotos de Ella Fitzgerald:
Foto 01 Foto 02 Foto 03 Foto 04