Patrícia França Monteiro de Oliveira, nome completo de Patrícia França, nasceu em Recife, no dia 28 de setembro de 1971. A atriz pernambucana Patricia França começou a carreira no teatro da escola pública em que estudava. Depois de muitos trabalhos alternativos, conseguiu seu primeiro papel de destaque na televisão, na minissérie "Teresa Batista, Cansada de Guerra", da Rede Globo. Hoje, com um currículo que inclui o filme "Orfeu" e atuando na novela "Prova de Amor" da Record, Patricia conta um de seus segredos para manter a aparência sempre jovial: "Felicidade e amor fazem muito bem para a pele". Aos 34 anos, a morena exibe uma boa forma incrível, um rosto de menina e uma vontade grande de alcançar os seus objetivos.

Em 1991, aos 19 anos de idade, Patrícia França fez o teste que mudaria sua vida. Atriz de teatro no Recife, ela tentou o papel principal na minissérie "Tereza Batista", baseada no romance de Jorge Amado. Aprovada, realizou o sonho de ir morar no Rio de Janeiro. Vivendo em um apartamento alugado da mãe de Roberta Close, ela não se deslumbrou com a mudança para a capital fluminense nem com o fato de protagonizar uma minissérie da Globo. Na segunda fase da minissérie, quando a personagem Tereza se estabeleceu em Salvador e se tornou cantora de cabaré, Patrícia teve a oportunidade de mostrar outra face de seu talento. "A fase cantora foi a mais deliciosa. Nas cenas, eu dublava minha própria voz cantando e foi muito especial poder gravar as músicas do Dorival e do Dori Caymmi que faziam parte da trilha." A atriz interpretou a escrava Rosa, uma das vilãs de "A Escrava Isaura", da Record.

Patrícia França começou sua carreira no teatro ainda criança e ganhou prêmios, entre eles pela peça "A Ver Estrelas". Seu primeiro trabalho de repercussão nacional foi na minissérie "Tereza Batista", produzida pela Rede Globo. Na Rede Globo, ganhou destaque nas novelas "Sonho Meu", "Suave Veneno" (sendo capa da trilha sonora nacional) e "A Padroeira", além de uma participação especial em "Chocolate com Pimenta". Interpretou papéis principais, como em "Prova de Amor", produzida pela Rede Record, onde viveu a Policial Diana Alba, uma personagem de temperamento forte, decidida a ser policial tendo como motivação a morte de seus pais.

Também interpretou Rosa, em "A Escrava Isaura". Rosa morria de ciúmes de Isaura (Bianca Rinaldi) que também era uma escrava, porém era branca e morava na Casa Grande. No cinema, foi Tieta (jovem) e Imaculada, em "Tieta do Agreste" (1996), de Cacá Diegues e Eurídice, em "Orfeu", também de Cacá Diegues (1999), fazendo par romântico com Toni Garrido.

Chegou a ser convidada por Tiago Santiago para participar da novela "Os Mutantes - Caminhos do Coração", como a auxiliar dos monarcas de Agartha, Aurora. Sua personagem, que deveria deixar a trama em dois meses, nem chegou a aparecer; o motivo: Patrícia foi confirmada no papel da relações públicas Nina Fagundes, na telenovela "Poder Paralelo", de Lauro César Muniz. Patrícia França foi casada com o ator Ilya São Paulo entre 1995 a 1997 e com o analista de sistemas Paulo Lins entre 1999 a 2006, sendo este o pai de sua primeira filha, Fernanda. Ela e casada desde 2008 com o empresário Wagner Pontes, com quem teve seu segundo filho Gabriel.

19/04/2013 - Notícia boa: Patrícia França volta à Globo
Curti por demais a volta da atriz Patrícia França à Globo. Sim, está confirmado! Ela é presença garantida em "Meu Pedacinho de Chão", remake de Benedito Ruy Barbosa para o horário das seis em 2014. Sua última novela na emissora do Plim Plim foi em 2003, em "Chocolate com Pimenta". É na Rede Globo que acompanhamos seus melhores trabalhos, todos à altura de seu enorme talento: "Tereza Batista", minissérie de 1992, Maria Santa de "Renascer" (atualmente em reprise pelo canal Viva), Cláudia de "Sonho Meu" (quem sabe agora a Globo opte por uma reprise, a história é linda) e Madalena de "Salsa e Merengue" (1996).

Seja bem-vinda de volta à Globo, não que sua estada pela TV Record tenha sido fraca, mas que ficou aquém do que os fãs imaginavam isso ficou. Patrícia França era menos requisitada que Bianca Rinaldi. E isso não pode não, nunca! Falando nisso: a Bianca é outra que está de malas prontas para a Globo. E corre as línguas que ela vai protagonizar a série "Doctor Pri", de Aguinaldo Silva. Vem com tudo ela também. Mas os sorrisos são todos para a Patrícia. Linda! Em contrapartida, a Rede Record contratou a bonequinha de luxo Tatyane Goulart, a eterna Bia de "Felicidade" (Globo, 1991). À espera de "Pecado Mortal" (título provisório), a primeira novela de Carlos Lombardi fora da Globo. Boa aquisição.

Veja outra foto de Patrícia França


Teledramaturgia
1992: Tereza Batista .... Tereza Batista
1993: Renascer .... Maria Santa
1993: Sonho Meu .... Cláudia
1995: Engraçadinha... seus amores e seus pecados .... Freira
1995: Você Decide .... Dalva Episódio: "Pacto de Silêncio"
1995: A Farsa da Boa Preguiça .... Nevinha Especial da Rede Globo
1995: O Fim do Mundo .... Lucilene
1996: Salsa e Merengue .... Madalena Sobral
1998: Você Decide .... Episódio: "Guerra Suja"
1998: Você Decide .... Rosana Episódio: "O Doce Sabor do Sucesso"
1998: Terça Nobre .... Renato Aragão Especial Episódio: "Oliver Twist e Didi"
1999: Suave Veneno .... Clarice Ribeiro
2001: A Padroeira .... Blanca de Sevilla
2003: Chocolate com Pimenta .... Sofia Menezes
2004: A Escrava Isaura (Rede Record) .... Rosa
2005: Prova de Amor (Rede Record) .... Diana Alba
2007: Luz do Sol (Rede Record) .... Eliana Souza
2009: Poder Paralelo .... Nina Fagundes

Filmografia
1991: A Última Terra
1992: Contos de Balneário
1993: O Calor da Pele.... Zélia
1994: Chuvas e Trovoadas.... Filha do professor
1996: Tieta do Agreste.... Imaculada e Tieta (jovem)
1999: Orfeu.... Eurídice
2000: Chega de Cangaço
2003: As Tranças de Maria.... Maria
2007: Mãos de Vento, Olhos de Dentro
2009: Flordelis: Basta uma Palavra para Mudar


A

B

C

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

R

S

T

U

V

WZ

 
 
 
 
        Patrícia França        
• fechar janela •